14/11/2018 (75) 99274-4456

Santo Estêvão

Ifarma

"O cuidado com higiene pessoal deve ser redobrado nesta época do ano", diz Coordenadora de Vigilância e Saúde em entrevista na Rádio Paraguassu FM

Regina Lúcia falou sobre as formas de contágio e tratamento da conjuntivite e da síndrome mão, pé, boca

Por Portal TNews 15/05/2018 às 14:17:32

A Coordenadora de Vigilância e Saúde do município de Santo Estêvão, Regina Lúcia, participou do Programa Paraguassu Notícias nesta terça-feira (15).

Regina explicou sobre as diferenças dos tipos de conjuntivite. "Existem 3 tipos de conjuntivite: infecciosa, alérgica e tóxica. A infecciosa pode ser viral ou bacteriana. As duas são tratadas de forma diferente e podem ser transmitidas com o compartilhamento de objetos. Exemplo: a pessoa passa a mão no olho e pega na maçaneta da porta, o vírus ou a bactéria passa para o objeto. O cuidado com higiene deve ser redobrado. Uma das maneiras de aliviar os sintomas da doença é fazer compressas de água gelada nos olhos. Mas nunca se automedicar. O colírio que é usado para um não serve para o outro tipo", afirmou Regina.

Sobre a conjuntivite alérgica e tóxica, Regina informou que não são transmitidas de uma pessoa para outra. "A alérgica é comum em pessoas com rinite e a tóxica em pessoas que trabalham em um ambiente com fuligem", afirmou a Coordenadora.

Durante o programa, Regina também falou sobre a síndrome mão, pé, boca e alertou para os cuidados higiênicos nesse período do ano. "Os pais precisam ficar atentos aos sintomas e separar os objetos delas, para resguardar a sua saúde e não contaminar outras pessoas."

Por fim, Regina disse que qualquer dúvida a equipe de Vigilância Epidemiológica do município está a disposição.

Curta nossa página e acompanhe as principais notícias de Santo Estêvão e região www.facebook.com/SiteTNews

Fonte: TNews

comentários