19/06/2018 (75) 99274-4456

Bahia

Ifarma

Técnica diz que chefe estava 'maconhada' ao montar escala de trabalho e é demitida

Técnica afirmou ter reclamado porque a escala montada para ela era abusiva

Por Portal TNews 13/06/2018 às 19:43:54

Uma técnica de enfermagem foi demita por justa causa das Obra Sociais Irmã Dulce (Osid), em Salvador, após ter dito que a pessoa que montou a escala de trabalho dela estava "drogada" e "maconhada". A informação foi divulgada pelo Tribunal Regional do Trabalho da Bahia, nesta quarta-feira (13).

Mesmo após ter sido demitida, a funcionária deve receber uma indenização de R$ 2 mil. Isto porque, segundo o processo, ficou esclarecido que a chefe exerceu excesso de poder. Uma vez que causava pressão psicológica e ameaçava colocar funcionários em turnos e horários considerados mais exaustivos.

A responsável por montar a escala, a enfermeira chefe, teria se sentido ofendida com o comentário e, por conta disso, acabou denunciando o caso ao Conselho Regional de Enfermagem da Bahia. A técnica afirmou ter realmente dito que a chefe estava sob efeito de drogas, porque a escala montada para ela era abusiva.

Segundo o TRT, ficou esclarecido que houve excesso por parte da técnica de enfermagem, contudo, ela deve receber indenização porque também houve provas de que ela foi tratada como agressividade e desrespeito pela chefe.

Inicialmente, a indenização seria de R$ 10 mil, mas, por causa das condições financeiras do hospital, a indenização caiu para R$ 2 mil. Caso ainda cabe recurso.

comentários