16/12/2018 (75) 99274-4456

Brasil

Ifarma

Lula estreia como "comentarista" da Copa e diz que Brasil não jogou bem

Por Portal TNews 18/06/2018 às 19:58:13

Em sua estreia como "comentarista" a distância da Copa do Mundo de 2018, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que está preso desde o dia 7 de abril na Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba, afirmou que a seleção brasileira não jogou bem no empate por 1 a 1 com a Suíça, no domingo.

O comentário de Lula foi lido nesta segunda-feira (18) durante o programa Papo com Zé Trajano, da TVT.

"O Brasil entrou em campo com o que tem de melhor. A Suíça também. Pelo histórico das seleções, o Brasil teria de vencer, afinal é a única seleção pentacampeã e, portanto, amplamente favorita. A Suíça também queria ganhar e tinha duas opções: jogar melhor ou não deixar o Brasil jogar. E foi o que fez", disse o ex-presidente em comentário lido no programa. "Também não deixou o Neymar jogar, fazendo faltas e faltas. Além disso, o Neymar tentava sem êxito carregar a bola, e não conseguiu".

Para Lula, que é corintiano e fanático por futebol, o empate poderia ficar na conta dos erros da arbitragem, da pressão da estreia ou da marcação efetiva do time suíço, mas ele sentenciou: "sinceramente, o fato é que não jogamos bem".

Para o próximo jogo, contra a Costa Rica, o petista pediu que o Brasil não menospreze a Costa Rica: "Afinal, todos sabem que, um dia, o pequeno Davi venceu o gigante Golias", lembrou.

Em comentário chamado de 'toque final', Lula também opinou sobre outras seleções e elogiou o português Cristiano Ronaldo. "Duas coisas ficaram provadas na primeira semana da Copa: a Alemanha não é invencível e, entre os maiores craques, só o Cristiano Ronaldo fez por merecer. O resto é conversa pra mesa de bar", opinou o ex-presidente.

Conforme Trajano noticiou na semana passada, Lula enviará ao programa comentários sobre a Copa ao longo da competição. O Papo com Zé Trajano vai ao ar de segunda a sexta, das 18h às 19h, na TVT e na rádio Brasil Atual.

Lula foi condenado em segunda instância a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo caso do tríplex do Guarujá (SP). Apesar de estar preso, ele é o pré-candidato oficial do PT à eleição presidencial deste ano e lidera as principais pesquisas de intenções de voto para o Planalto.

Fonte: UOL

comentários