26/09/2018 (75) 99274-4456

Bahia

Ifarma

ACM Neto promete cortar ponto de professores ausentes e diz que greve é política

Por Portal TNews 12/07/2018 às 20:47:56

O prefeito ACM Neto prometeu cortar o ponto dos professores da rede municipal que se ausentarem ao trabalho. Em entrevista concedida nesta quinta-feira (12), ele classificou a greve da categoria como partidária e afirmou que a maioria dos trabalhadores não aderiu à paralisação por tempo indeterminado.

"É um movimento político, sem nenhuma razoabilidade. Colocamos na mesa a proposta de 2,5% para os servidores da educação, o que assegura um ganho efetivo para a classe acumulado aos 2,5% do ano passado. Não tem motivo para a greve existir. É uma greve política e assim será tratada pela Prefeitura. Quem não for trabalhar terá o ponto cortado, disse o prefeito.

A greve dos professores da rede municipal teve início nesta quarta (11) depois de ser aprovada na última semana em assembleia da APLB-Sindicato, entidade que representa a categoria. A proposta apresentada pela prefeitura  beneficia os servidores com avanços de nível no plano de carreira da categoria. Na prática, o avanço de nível já representa um ganho nos rendimentos dos trabalhadores. Contudo, eles exigem um reajuste direto na tabela salarial. Na avaliação de ACM Neto, a oferta apresentada pela gestão municipal é justa.

"Está muito claro que o governo do estado, sem dar qualquer reajuste, não enfrenta o mesmo movimento por parte de um sindicato que é dominado por PT, PCdoB e PSOL. Já enfrentamos outras greves desse tipo", comentou. A prefeitura estima que 86% das escolas da rede municipal funcionaram normalmente ou de forma parcial nesta quinta.

Fonte: Bahia Notícias

comentários