11/12/2018 (75) 99274-4456

Bahia

Ifarma

Com expectativa de se reeleger no 1º turno, Rui diz que vai se dedicar a campanha de Haddad

Na terça-feira (9), ele deve participar de uma reunião em São Paulo para discutir as estratégias da eleição presidencial, considerando que o correligionário vá chegar ao segundo turno

Por TNews 07/10/2018 às 15:38:12

Com previsão de ser reeleito no primeiro turno, o governador Rui Costa (PT) diz que prefere não fazer um prognóstico do resultado da eleição. Mas, por outro lado, já tem planos de focar no apoio à campanha de Fernando Haddad (PT) à Presidência da República a partir da próxima semana. Na terça-feira (9), ele deve participar de uma reunião em São Paulo para discutir as estratégias da eleição presidencial, considerando que o correligionário vá chegar ao segundo turno.

 

"Eu vou me dedicar à campanha nacional porque eu considero fundamental pra o Nordeste, pra Bahia", justificou o governador baiano, logo depois de registrar seu voto na manhã deste domingo (7). Para ele, esse é o momento de o PT olhar para os partidos de centro, mas também dialogar mais com a sociedade e priorizar "problemas reais" como a segurança pública.

 

"O PT precisa assumir uma nova agenda. (...) Isso tem que entrar na agenda do Haddad porque o povo clama por proteção. Ontem mesmo, ele disse, em Feira [de Santana], que vai definitivamente mudar a lei pra colocar pra Polícia Federal assumir nacionalmente a coordenação do combate ao tráfico e ao crime organizado", ressaltou o governador. Rui afirmou também que vai sugerir ao correligionário o "endurecimento da legislação pra alguns crimes, especialmente o homicídio".

 

Haddad tem se aproximado de Rui e de outros petistas do Nordeste, a fim de manter o eleitorado petista na região. Pesquisas eleitorais indicam que ele deve enfrentar o candidato Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno.

comentários