13/11/2018 (75) 99274-4456

Santo Estêvão

Ifarma

Vendedores de castanha reclamam de "repressão" da PRF na BR 116 em Santo Estêvão

Os vendedores pedem apoio das autoridades para que possam continuar a venda de castanha, água, refrigerante e demais produtos na BR 116

Por TNews 08/11/2018 às 16:45:05

Foto: Theu Sousa/Santis Agora

Um grupo de vendedores de castanha procurou o radialista Leo Moura, na Paraguassu FM, em Santo Estêvão, acusando terem recebido ameaças de agentes da PRF, na BR 116, trecho do posto Pau de Vela.

No programa, ao vivo, os vendedores alegaram que os agentes recolheram produtos, pertences e até agasalhos, e sob ameaça foram obrigados a sair da pista, onde segundo eles há décadas vendem produtos aos caminhoneiros e motoristas que passam pelo trecho. 

Questionados sobre o motivo do impedimento, eles alegam que a PRF não informou.

O grupo disse, no entanto, que as agressões e ameaças partem de um plantão específico, que preferiram não identificar expressamente, por medo de retaliação. Porém defenderam, por outro lado, que vários agentes da PRF, de demais plantões compram os produtos, sem nenhuma postura repressora.  

Os vendedores pedem apoio das autoridades para que possam continuar a venda de castanha, água, refrigerante e demais produtos na BR 116.

A reportagem do TNEWS tentou contato com  a PRF, mas até o fechamento desta matéria, não teve retorno.



comentários