17/01/2019 (75) 99274-4456

Saúde

Ifarma

Relação entre álcool e câncer é comprovada por estudo

Não é novidade que o álcool é prejudicial à saúde. Pesquisas já indicaram seus efeitos negativos no corpo, principalmente no intestino e mama

Por TNews 25/12/2018 às 21:52:11

Foto: Reprodução/internet

Não é novidade que o álcool é prejudicial à saúde. Inúmeras pesquisas já indicaram seus efeitos negativos no corpo, principalmente em locais como intestino e mama.

Atualmente, mais uma má consequência foi apontada: um estudo realizado pela Universidade de Cambrigde e publicado no periódico científico Nature comprovou a relação entre o consumo de álcool e o aparecimento de câncer. Segundo os pesquisadores, a ingestão de álcool interfere permanentemente no DNA das células-tronco, o que é um grande aumentativo do risco de câncer.

Eles explicam que uma quebra no metabolismo estimula os cromossomos a se emparelharem aleatoriamente, mudando para sempre as sequências de DNA nas células, que se multiplicam rapidamente para diversos tecidos do corpo, ocasionando no surgimento de tumores.

Os cientistas também analisaram a defesa do corpo diante do álcool. Uma enzima chamada aldeído desidrogenase (ALDH) é capaz de catalisar e quebrar o subproduto maléfico do álcool. Nos testes com cobaias, os ratinhos sem a ALDH tiveram seu DNA afetado até quatro vezes mais. Esse dado é preocupante, pois, assim como os animais, milhões de pessoas ao redor do mundo não possuem essa enzima.

Além disso, disse o líder do estudo, Ketan Patel, "é importante lembrar que a liberação do álcool e os reparos no DNA não são perfeitos e o que o álcool ainda pode causar câncer de vários outros jeitos, mesmo em pessoas com esses mecanismos de defesa em ordem".

Fonte: Yahoo Notícias

comentários